Morte de peixes e patos na lagoa será investigada

06 nov, 2018 Notícias

Lagoa fica na entrada de Presidente Olegário,animais foram recolhidos para análise das causas das mortes.

Pelo menos 230 peixes de variadas espécies mandi, tilápia e curimba; e dois patos encontrados mortos pelos moradores que vivem perto da lagoa na entrada de Presidente Olegário, localizada na Praça Manoel Antônio Martins, bairro Barro Preto.

Moradores relataram  que a morte dos peixes e patos podem ser provenientes de envenenamento por resquícios de agrotóxicos provenientes de lavouras que ficam próximas a nascente d’ água que desemboca na lagoa ou falta de oxigenação da água.

Os peixes e patos foram retirados da lagoa na manhã desta segunda-feira (5), por funcionários que prestam serviços para a Prefeitura Municipal.

Segundo o secretário de Agricultura, Júlio Reis, espécies foram recolhidas para análise a ser feita pelo Centro Clínico Veterinário do Unipam. Não foi informado quando o laudo que deverá indicar as causas das  mortes ficará pronto.

Por Aldieres Brito/Juarez Martins

As 7 Melhores

CURTA NOSSA FANPAGE

Programa Terceira Hora