Médico italiano pretende realizar o primeiro transplante de cabeça

15 set, 2015 Notícias

Primeiro transplante de cabeça em análise na Itália / Foto: CNN

O russo, de 30 anos, Valery Spiridonov, portador de uma doença terminal chamada Síndrome de Werdnig-Hoffman, se voluntariou a ser o primeiro paciente humano ao transplante de cabeça. O médico que realizará o procedimento é o neurocientista italiano Sergio Canavero.

A cirurgia de Spiridonov está marcada para dezembro de 2017. A ideia não agradou a comunidade científica, que afirmou que o paciente está caminhando para a morte.

“Eu não acredito que isso vai funcionar, tem muitos problemas nesse procedimento. Tentar manter alguém saudável em um coma de quatro semanas… Não vai acontecer”, afirmou Harry Goldsmith, professor da University of California.

A cirurgia deve aumentar a expectativa de vida de Spiridonov em alguns anos, pois a doença já avançou bastante.

A cabeça do russo deve ser transplantada para um corpo que tenha sofrido morte cerebral. A estimativa é de que a cirurgia dure 36 horas, com mais de 150 médicos e enfermeiros envolvidos.

O neurocientista já fez mais de 1 mil tentativas em ratos de laboratório. Nenhum sobreviveu por mais de alguns minutos. Mas, para Canavero, em dois anos as suas pesquisas terão avançado ao nível de um transplante de cabeça humana. Nada deverá ser feito sem que haja 99% de certeza que dará certo.

Fonte: Diário da Manhã

As 7 Melhores

CURTA NOSSA FANPAGE

Programa Terceira Hora