Calypso: justiça proíbe Chimbinha de se aproximar de Joelma

16 set, 2015 Música

Na última semana, a vocalista da Banda Calypso, Joelma, declarou que não queria mais subir no palco ao lado de seu guitarrista e marido, Chimbinha. A Justiça do Pará proibiu o músico de ficar a menos de 100 metros da cantora. A restrição pegou os fãs de surpresa por ter sido feita com base na Lei Maria da Penha, que criminaliza a violência contra a mulher.

Caso Chimbinha descumpra a decisão judicial, poderá pagar multa ou cumprir detenção. Entretanto, os advogados do guitarrista ainda podem recorrer contra a ordem. Enquanto isso, o músico Ian Marinho ocupa o posto nos shows de Joelma.

Em comunicado, o assessor de Chimbinha comentou o ocorrido. “O guitarrista Chimbinha lamenta profundamente que a advogada Patricia Bahia, que representa a Joelma no processo, tenha desrespeitado o sigilo de Justiça decretado pela juíza. A marca Calypso vai continuar. Chimbinha é dono de 50% dela”,

Já a assessoria informou que a cantora ficará na banda até dezembro. Caso Chimbinha consiga reverter a decisão judicial, a cantora irá se reunir com os empresários para decidir se os dois terão condições de se apresentarem juntos. Nesta semana, o Calypso divulgará uma nota oficial sobre o ocorrido.

Entenda

Na última quarta-feira (9), a cantora Joelma compareceu em uma delegacia no bairro de Jaderlândia, em Ananindeua (PA). Por lá, prestou depoimento durante toda a tarde. De acordo com a delegada Rosalina Arraes, titular da unidade de polícia, a visita foi por conta de um “problema de casal” – referindo-se, logicamente, à relação da cantora com o ex-marido Chimbinha.

Fonte: musicaagora.com

As 7 Melhores

CURTA NOSSA FANPAGE

Programa Terceira Hora